09/10/2005 03:02 "Record" SATISFEITO COM QUALIFICAÇÃO, ASSUME SEGUNDA META
Pauleta: «Chegar aos 41 golos é objectivo pessoal»

Pauleta está apenas a um golo de igualar a marca alcançada por Eusébio ao serviço da Selecção Nacional. O avançado açoriano (soma 40 golos) não esconde a sua satisfação pela façanha, mas opta por realçar o feito conquistado ontem, em Aveiro.

“O primeiro objectivo era a qualificação para o Mundial da Alemanha, e esse está cumprido. O segundo objectivo é pessoal: tentar chegar aos 41 golos e depois ultrapassar a marca”, confessou. Quando ainda falta disputar a última partida da fase de qualificação, o jogador assumiu que seria perfeito atingir o tão desejado número na próxima quarta-feira, no Estádio do Dragão.

“Espero marcar frente à Letónia . Mas não estou obcecado com isso. É um objectivo pessoal”, explicou, adiantando que o mais importante continua a ser o colectivo.

Tarefa árdua

Quanto ao jogo em si, Pauleta reconheceu que a equipa sentiu algumas dificuldades. O adversário revelou-se cedo e conseguiu assustar. À memória do avançado veio o empate de há um ano, no Liechtenstein. “Não há jogos fáceis. O 2-2 de há um ano lá não foi tão por acaso como isso. E hoje [ontem] complicámos um pouco. É verdade que não estivemos tão bem”, recordou, referindo que o importante foi ter invertido o resultado. Ainda assim, para o avançado, Portugal teve mérito na vitória, bem como em toda a campanha realizada até ao momento.

“O grupo conseguiu sempre mostrar um bom nível ao longo de todos os jogos. Estivemos bem”, rematou.

Autor: CLÁUDIA HENRIQUES, ANDRÉ VIANA e CARLOS OLIVEIRA
Data: Domingo, 9 de Outubro de 2005 03:02:00