29/06/2006 "A Bola" (online)
Beckham é perigoso

David Beckham, a grande estrela entre as estrelas da equipa inglesa, vai ser a principal dor de cabeça para Nuno Valente durante a tarde de sábado. Mas o lateral-esquerdo português está pronto para a luta e já sabe como proceder para tentar anular o adversário directo.

Nuno Valente diz que a equipa está a 100 por cento— A solidez defensiva tem sido uma das imagens de marca da presença de Portugal neste Mundial. Em quatro jogos, a Selecção sofreu apenas um golo. O jogo com a Inglaterra é o verdadeiro teste?
— Estamos a encarar este jogo como os outros. Todos os desafios são importantes, mas neste devemos ter algumas cautelas, porque a Inglaterra é uma equipa perigosa e muito experiente. Os ingleses podem não estar a praticar um futebol muito bonito, mas são eficazes. A defesa tem estado bem, mas temos tido o apoio do meio-campo. Somos um conjunto muito sólido.
— Como está a equipa após o jogo com a Holanda?
— Este jogo foi de enorme desgaste. Estamos a recuperar bem. Tivemos uma folga e vamos estar, sem dúvidas, a 100 por cento no encontro.
— Portugal não conta com Deco e Costinha.
— São peças importantes no grupo, mas estão aqui 23 jogadores, todos com condições de jogar. Quem jogar na função deles vai dar tudo para ajudar Portugal a passar às meias-finais.
— Beckham vai ser o seu adversário directo. Como pensa travar os seus pontos fortes?
— Vou jogar da mesma forma, sabendo que ele é um jogador muito perigoso. Os seus pontos fortes são os cruzamentos e as bolas paradas e vou tentar que ele não tenha oportunidade de se destacar nesses aspectos. Vamos estar cautelosos.
— A equipa está pronta para o ataque dos ingleses?
— A defesa trabalha consoante as características dos adversários. Nestes dias vamos trabalhar as compensações. Temos feito bom trabalho nesse aspecto e espero que tudo continue a correr bem. Temos de entrar com máxima concentração.
— Se vir um cartão amarelo neste jogo e Portugal ganhar, é certo que fica fora das meias-finais. Vai ter atenção a isso?
— Vou entrar com o intuito de dar o melhor, nunca pensando no cartão amarelo. Se isso for em benefício da equipa, não me importo de ver o cartão.
— Qual a importância de Scolari na preparação de um jogo destes?
— Estamos satisfeitos com ele. É um treinador experiente e um líder forte. O seu trabalho tem sido benéfico para todos