06/06/2005 02:34 "Record" SOFREU CONTRACTURA MUSCULAR NA REGIÃO LOMBAR
Susto de Postiga

No rescaldo da vitória sobre a Eslováquia a Selecção Nacional viveu um domingo tranquilo. O grupo ficou reduzido a 20 jogadores, pois Simão foi dispensado, e de entre os nove elementos que se treinaram no Jamor houve um que teve de sair mais cedo depois de uma pancada

Carlos Patrão
Hélder Postiga lesionou-se na região lombar
Hélder Postiga lesionou-se na região lombar

Simão Sabrosa foi dispensado dos trabalhos da Selecção Nacional horas depois da vitória sobre a Eslováquia por 2-0. A decisão foi tomada já perto da meia-noite de sábado, após uma reunião entre os médicos da Selecção, o próprio Simão e Luiz Felipe Scolari, depois de todos concluírem que o jogador não iria recuperar a tempo de ser opção para o jogo de quarta-feira, frente à Eslováquia, em Tallinn.

“O Simão regressou ao clube com um relatório clínico completo”, disse Henrique Jones, médico da Selecção, que aproveitou para “desejar as maiores felicidades ao Simão na operação a que irá ser submetido no final da semana. Esperemos que recupere depressa e possa voltar à Selecção”, concluiu.

Mas o dia de ontem não acabou sem um susto: no breve treino realizado no relvado principal do Jamor, só para os jogadores suplentes, o avançado Hélder Postiga lesionou-se na região lombar, teve de ser assistido e acabou por terminar mais cedo o seu trabalho.

“OHélder Postiga sofreu uma contractura muscular na região dorsal”, explicou Henrique Jones. “Por cautela abandonou o treino, regressando ao hotel para fazer piscina e massagens. Em princípio, deverá estar em condições de se treinar amanhã (hoje) de manhã”, concluiu.

Os jogadores titulares frente à Eslováquia fizeram sessões de piscina e massagens no hotel.

Scolari aplaudiu vólei

O ambiente de boa disposição no hotel da Selecção deu até para Scolari não esconder a sua admiração pelo resultado do Portugal-Brasil em voleibol.

Amigo pessoal de Ricardinho, Scolari aplaudiu a vitória portuguesa mas recordando que, naquele momento, o seu compatriota e seleccionador brasileiro de voleibol devia estar “bem chateado, pois ele não gosta de perder nem a feijões, quanto mais para a Liga Mundial”.

Treino ligeiro só para nove

Como é norma depois de um jogo, o treino de ontem foi destinado aos suplentes da véspera, neste caso nove jogadores. Foi um trabalho ligeiro, com bola, sob a orientação de Flávio Teixeira, pois Scolari foi quase espectador. A boa disposição reinou e nem mesmo o susto apanhado por Hélder Postiga chegou para alterar o ânimo dos seus companheiros. Ao fim de uma hora estavam todos de regresso ao hotel para cantar os parabéns a Fernando Meira.

 

Autor: JOSÉ CARLOS FREITAS
Data: Segunda-Feira, 6 de Junho de 2005 02:34:00