06/06/2005 02:29 "Record" FPF JÁ COMEÇA A PREPARAR PROVÁVEL PRESENÇA NO MUNDIAL
À procura de base

Carlos Patrão

Godinho e Scolari vão começar a preparar estágio final do Mundial da Alemanha
Godinho e Scolari vão começar a preparar estágio final do Mundial da Alemanha

Os responsáveis da Federação Portuguesa de Futebol ainda não querem falar do assunto mas Record sabe que o departamento técnico da Selecção Nacional começa já a trabalhar na muito provável presença na fase final do Mundial’2006. E se Portugal vencer a Estónia, depois de amanhã, em Tallinn, Luiz Felipe Scolari e Carlos Godinho deverão deslocar-se dentro de duas semanas à Alemanha para observarem locais para servir de base à Selecção Nacional durante a prova.

À semelhança do que aconteceu antes do Mundial’2002, também agora já começaram a chegar diversas ofertas de locais interessados em receber Portugal. As ofertas são todas de “grande qualidade”, segundo soube Record, o que não é de estranhar num país com as tradições futebolísticas da Alemanha.

Plano já definido

Scolari admitiu que poderá deslocar-se àquele país para observar um ou dois jogos da Taça das Confederações, mas não quis comentar a possibilidade de aproveitar a oportunidade para, em conjunto com Carlos Godinho, realizar visitas de observação a alguns centros de estágio já referenciados.

O plano final de preparação (dependente do apuramento, como é evidente), já está a ser definido. Um pré-estágio será realizado antes da viagem para a Alemanha e também neste caso já existe uma oferta do Luxemburgo, que Gilberto Madaíl poderá negociar lá mais para o fim do ano.

No entanto, a hipótese mais provável é o regresso à Academia do Sporting, em Alcochete, de tão boas recordações para a Selecção Nacional durante a campanha do Campeonato da Europa de 2004.

O assunto ainda é tabu, mas a verdade é que o departamento das selecções já está a trabalhar na presença na fase final do Mundial.

Particulares em Novembro

Em caso de apuramento directo para a fase final do Mundial’2006, Portugal vai aproveitar as duas datas dos “playoff”, em Novembro, para realizar outros tantos jogos particulares. Em princípio serão frente a adversários de menor dimensão mas a data de Março de 2006 deverá ser ocupada com um adversário mais forte, com hipóteses de ser a Argentina.

 

Autor: JOSÉ CARLOS FREITAS
Data: Segunda-Feira, 6 de Junho de 2005 02:29:00